We are Online Market of organic fruits, vegetables, juices and dried fruits. Visit site for a complete list of exclusive we are stocking.

Usefull links

Contact us

Blog

Centrados o bastante para o vestibular

Com o auxílio do autoconhecimento e dos Florais de Bach, os jovens podem desenvolver a escuta interna e ativar seus potencias para atravessar esse desafio

O vestibular é um marco na vida dos jovens. Antes do processo seletivo, tudo o que eles conhecem é o ambiente escolar, segunda casa que os acolhe desde a infância. Após a aprovação, adentram o mundo dos adultos, com toda a carga de responsabilidade que este apresenta. Trata-se de uma iniciação, sem dúvida. Mas não necessariamente de um bicho de sete cabeças. Embora seja desafiadora, é possível fazer essa travessia com foco, energia e bem-estar.

É o momento de escolher, de começar a construir um futuro para si. Quantas emoções podem vir à tona! Medo, dúvidas, falta de confiança, ansiedade e até mesmo desânimo.

“O vestibulando pode sentir esse momento de forma muito solitária e desafiante. Iniciar uma formação acadêmica dependerá somente dele – e não dos pais -, de suas escolhas, de sua dedicação, de seu enfrentamento”, observa a terapeuta floral Luciana Moura.

Nossos jovens precisam de apoio, de incentivo, de encorajamento. Por isso é fundamental que os adultos estimulem neles a capacidade de enfrentar e superar esse teste. “Estamos vivendo um momento social onde, nós, pais, estamos totalmente envolvidos em proteger nossa família dos perigos e frustrações da vida. Consequentemente, nossos filhos não sabem lidar com a dificuldade, não foram preparados para enfrentar obstáculos”, alerta a terapeuta.

Se a confiança nos próprios recursos e talentos não foi bem estruturada, e ainda existe a pressão pelo sucesso, pela escolha certeira, é natural que a adesão a uma carreira gere tanta ansiedade. Como fazer a opção pelo curso desejado? Basear-se na história profissional da família? Na possível possibilidade de ganho financeiro? Talvez escolher pela demanda e facilidade de colocação no mercado? A opinião da família e dos amigos interfere nessa escolha ou, quem sabe, na falta de assertividade dela? E se não acertar de primeira?

São muitas perguntas e poucas respostas para esse adolescente guiar sua opção. Sem falar nos efeitos colaterais da maratona de estudos: dificuldade de memorização e concentração, cansaço físico e mental, insegurança. Segundo Luciana, para atravessar esse período com mais tranquilidade, é importante fortalecer emocionalmente o estudante a partir da criação de um espaço de escuta interior, de escuta da Alma. “Isso faz com que estejamos mais fortes para enfrentar nossos medos, reconhecendo nossas necessidades, nossos pontos fortes e aqueles que precisam ser fortalecidos”, ela esclarece.

Na busca pela harmonização entre o exterior e o interior, as essências florais se apresentam como um regulador das emoções e das energias, possibilitando, assim, a transformação de padrões e a reformulação da forma de encarar esse momento crucial.

“Os florais podem auxiliar estes jovens criando espaço para uma nova visão sistêmica da vida, trazendo reflexão sobre velhos paradigmas, desenvolvendo novos conceitos, novas crenças e valores, promovendo um equilíbrio dinâmico entre profissão, vocação e prazer ao realizar suas atividades”, destaca Luciana.

As essências florais serão valiosas tanto para o estudante que já fez sua opção pelo curso e precisa de auxílio para desenvolver ou manter seu programa de estudo, quanto para aquele que ainda não tem certeza do caminho a ser trilhado e deseja fazer uma escolha assertiva. “Seu efeito não é a supressão das atitudes negativas, mas a transformação em atitudes positivas, estimulando o potencial de autocura”, frisa a terapeuta. Cada essência está associada a uma emoção humana básica. Mimulus, por exemplo, representa um tipo de emoção sentida quando estamos ansiosos ou com medo de algo em particular. “Tomar esse floral nos ajudará a ultrapassar nosso medo e a encontrar a coragem necessária para enfrentar esse estado emocional específico”, explica a profissional.

Alinhamento com a Alma

Num mundo que privilegia o pragmatismo, o status e o desempenho, valorizar os anseios da Alma é como nadar contra a correnteza. É desafiador dar uma pausa no racional e responder com honestidade às perguntas: “O que norteia minha realização interna e emocional?”; “O que está me desviando do meu propósito de vida?”. Segundo o Dr. Bach, felizmente, as flores ajudam a nos libertar de influências que podem nos afastar da nossa missão e, com isso, fazer uma aliança com a nossa Alma, fonte de inspiração e guia das nossas escolhas.

É a partir desse lugar de autoconhecimento e de escuta de si mesmo que as coisas começam a clarear e a fazer sentido. “Precisamos nos individualizar da família, dos amigos, das expectativas sociais e entrar em contato com aquilo que realmente amamos, aquilo que sentimos que fará com que verdadeiramente estejamos contribuindo para um mundo melhor, aquela profissão que não só despertará nossa paixão, mas que, por vocação, a exerceremos com alegria e que nos permitirá evoluir”, defende a terapeuta. Eis aí uma excelente definição para a tão sonhada realização profissional!

Tendo em vista as mudanças no mundo do trabalho, as incertezas político-econômicas e as inovações tecnológicas, muitas pessoas têm reorientado a vida profissional, transformando o que dá prazer em profissão. Mas, como alerta Luciana, é fundamental não confundir realização com satisfação.

“Não se trabalha por prazer, se trabalha com prazer, é muito diferente. O que permitirá um trabalho com prazer é uma profissão que reflita meu propósito, meus princípios morais e éticos, que me permita disponibilizar minha energia criativa, meus dons e talentos em prol do exercício da minha Alma”, sustenta.

Que os jovens possam ter acesso a essa compreensão maior e que possam encarar o vestibular não como um monstro e sim como uma grande oportunidade de aprendizado e crescimento pessoal; que possam descobrir que são capazes de enfrentar seus medos, encontrar respostas para suas dúvidas e, principalmente, desenvolver a escuta interior. “Se os jovens conseguirem criar esse espaço interno para reflexão e expressão das suas necessidades, com certeza farão escolhas assertivas em relação a sua profissão e ao seu futuro”, preconiza Luciana. Assim seja!

A seguir, a terapeuta Luciana Moura indica os florias benéficos para o período do vestibular, florais para o estudo propriamente dito, para aqueles jovens que já se definiram quanto à escolha do curso e estão imersos na preparação para os exames:

Clematis: trará foco e concentração para o estudante, mantendo-o centrado no objeto de estudo, com uma rotina voltada para a praticidade e realização do seu projeto de estudo.

Chestnud Bud: será um grande aliado no processo de aprendizagem, memorização e maturidade do estudante.

Cerato: para aquele que não confia em seu saber, que acha que não sabe o suficiente.

Larch: para aquele jovem que não confia nas suas habilidades e talentos, que se sente fracassado antes mesmo de iniciar algo.

Gentian: para aquele que está desanimado frente às dificuldades do caminho.

Olive: para aquele estudante que se sente cansado e sem força para a rotina de estudos.

Hornbeam: para o estudante que se sente esgotado mentalmente, que está se sentindo cansado da rotina do estudo, que procrastina.

Florais para o jovem que precisa optar pelo curso e ainda tem dúvidas:

Wild Oat: floral de grande auxílio para identificar nosso propósito, entrar em contato com nossa vocação.

Cerato: para aquele jovem que precisa se individualizar da opinião da família ou dos amigos para fazer sua opção de curso. Para os estudantes que precisam de validação externa, que não confiam que estão fazendo a escolha certa.

Mimulus: para jovens que se sentem amedrontados pelo ingresso no mundo adulto, que se sentem inseguros, tímidos para fazer sua escolha.

Gentian: ideal para aqueles que veem na profissão desejada muitos obstáculos, que se sentem desanimados para seguir seu caminho por acharem difícil superar as dificuldades.

Larch: para aqueles estudantes que precisam acreditar que são capazes de atuar no mercado de trabalho, que precisam crer nos seus talentos e habilidades.

Florais para o dia da prova:

Five Flower + Cerato + Clematis + Rock Rose: para o famoso “branco” na hora da prova. Esta fórmula será útil para aquele estudante que teme não lembrar de nada, que fica nervoso e esquece o que estudou, que desconfia do seu saber, que sente sinais físicos no corpo pelo nervosismo, tais como: sudorese, dor de estômago, diarreia, entre outros. Neste caso, usa-se a essência estoque direto na água. Essa opção é o que chamamos de uso imediato. Para isso pingamos de quatro a seis gotas de cada floral numa garrafa de água de 500 ml, destas que eles podem levar na prova.

Luciana Moura

Terapeuta Floral formada pelo Bach Centre e pela Healing Herbs, Luciana Moura é  practitioner, educadora e multiplicadora da filosofia e simplicidade do sistema de cura do Dr. Edward Bach. Sempre procurou entender a multidimensionalidade humana – quem somos, de onde viemos, para onde vamos, o que viemos fazer -, já que não somos seres humanos passando por uma experiência espiritual e sim seres espirituais passando por uma experiência humana (Teilhard Chardin).

Acredita que, quando temos consciência de quem somos e de qual é o nosso propósito nesta existência, nos tornamos capazes de dar o nosso melhor e de viver inteiramente, exercitando nossa “humanidade” e evoluindo. Também é Consteladora Sistêmica Familiar, Facilitadora de SoulCollage e Aromaterapeuta.

Contatos:

Tel.: (51) 99314-5751
contato@useflorais.com.br
www.useflorais.com.br

 

Deixe seu Comentário

Compare
Wishlist 0
Open Wishlist Page Continue Shopping