We are Online Market of organic fruits, vegetables, juices and dried fruits. Visit site for a complete list of exclusive we are stocking.

Usefull links

Contact us

Blog

Iridologia: quando os olhos falam.

A iridologia é uma ciência que estuda a íris do olho e, por meio desse estudo, detecta sinais de desequilíbrios físicos e emocionais. Dessa forma, assim como a terapia floral, ela atua na manutenção da saúde e na prevenção de doenças.

Nesse artigo, a Dra. Léia Fortes Salles, Enfermeira, Doutora em Ciências pela Escola de Enfermagem da Universidade de São Paulo e Especialista em Medicina Integrativa, Iridologia e Terapia Floral, fala como essa técnica pode ajudar o terapeuta floral a desvendar sinais que nem sempre são verbalizados pelo cliente durante o processo terapêutico.

Na íris tem-se a representação do organismo, assim como na palma da mão, na planta do pé e no lóbulo da orelha. O objetivo da iridologia é detectar precocemente na íris os sinais que sugerem determinadas condições patológicas, assim como compreender comportamentos e modo de relação dos indivíduos.

A íris é um microssistema completamente formado aos 6 anos de idade e nela estão contidas as informações sobre a parte física e mental de seus donos, o que permite ao iridologista realizar uma abordagem preventiva e terapêutica, através da pré-diagnose. A consulta de Irisdiagnose ou Iridologia é realizada a partir das fotos dos olhos (íris + esclera) e de uma entrevista.

“A análise da íris permite traçar um perfil físico e comportamental do cliente, bem como suas pré-disposições orgânicas e comportamentais propiciando o autoconhecimento das suas potencialidades e fragilidades.”

Após a apresentação do relatório iridológico são sugeridos encaminhamentos médicos (se for o caso) e diferentes técnicas como Homeopatia, Oligoelementos, Fitoterapia, Terapia Floral, Aromaterapia, Auriculoterapia, Ventosaterapia e Reiki, adequação nutricional, visando a prevenção e a promoção da saúde e o tratamento de doenças.

O terapeuta floral, por exemplo, encontra na iridologia um aliado para adequar sua formulação de essências ao reconhecer na íris determinados sinais, principalmente porque nas primeiras consultas o discurso do cliente costuma estar confuso com vários temas relacionados com os problemas que o levaram a se consultar. Sabemos que poucas pessoas entendem a terapia floral como um processo de autoconhecimento e crescimento pessoal. Um processo, por vezes, demorado até se chegar ao cerne do problema. Muitos desistem já no começo quando não reconhecem melhoras significativas.

“A análise da íris pode facilitar a escolha das essências florais mais pontuais para cada indivíduo.”

Por exemplo, podemos passar uma entrevista inteira supondo que o nosso cliente é uma pessoa introvertida pela sua maneira de se comportar e se expressar e, ao analisar a sua íris descobrimos que se trata de uma pessoa que veio ao mundo como extrovertida. Que será que aconteceu para esta pessoa se fechar? Qual o trauma ou as crenças limitantes por trás de seu comportamento atual?

“E o indivíduo com uma íris repleta de anéis de tensão, que demonstram tensão física e psíquica, que passa a entrevista toda sorrindo, brincando e se portando como se fosse a pessoa mais calma do mundo… Será que ele costuma encobrir seus problemas?”

Reconhecer o modo de comportamento do cliente pelos sinais da iridologia comportamental pode auxiliar na comunicação e no encaminhamento da entrevista, deixando o indivíduo mais solto para abordar assuntos mais difíceis para ele e mostrar o que realmente está acontecendo.

Se quiser se aprofundar nesse assunto, a Blossom oferece, a partir de outubro, um workshop onde você pode aprender a utilizar essa técnica durante o processo terapêutico.

Para saber mais, clique aqui.

 

Comentários (1)

Deixe seu Comentário

Compare
Wishlist 0
Open Wishlist Page Continue Shopping